Cuidados com seu Piano

Onde devo colocar o piano?

 

Os pianos funcionam melhor e produzem um som melhor se estiverem em temperatura e umidade do ar adequada. O ambiente adequado também é importante. De modo geral, a umidade relativa do ar entre 55 e 65 por cento é ideal para pianos. A utilização de materiais tais como madeira, feltro e tecidos na construção do piano significa que muitas partes são bastante delicadas. Se não for devidamente cuidado, os pianos podem ser facilmente danificados. Por isso somos incapazes de assumir a responsabilidade por danos resultantes de abuso, tratamento cruel ou exposição prolongada a condições adversas.

Como a umidade afeta um piano: feltro, tecido, couro e alguns componentes de madeira são tão delicados que tem uma tolerância de fabricação que chega a 1/100mm. Essas peças tão finas são usadas em partes muito importantes do piano como por exemplo a mecânica de ação que é extremamente sensíveis à umidade. Muita umidade resultará em vários problemas mecânicos: A ação do martelo fica lenta, sem brilho e tons obscuros; As peças internas começam a criar ferrugem e a mecânica em geral fica lenta devido ao atrito entre as peças.  Antes que isso aconteça  é preciso controlar o ambiente  para mante-lo em condições ideais.

Como se proteger contra a umidade excessiva: Iremos sempre aconselha-lo da melhor maneira possível para manter seu piano em condições ideias. No entanto, aqui estão algumas dicas gerais para o cuidado adequado. Em dias nublados ou chuvosos feche todas as janelas na sala de piano. Além disso, certifique-se de fechar todas as tampas do piano depois que terminar de toca-lo. A maneira mais eficaz de se proteger contra a alta umidade é através do uso de desumidificadores para o ambiente.

Tenha um cuidado especial com a umidade excessiva, se você vive em um dos seguintes locais:

  • Ao longo de uma costa (praia) ou em uma região chuvosa ou úmida.
  • Em um vale, em uma casa de frente para montanhas, ou em uma área com má drenagem.
  • Em um edifício de concreto com não mais de um ou dois anos de idade.
  • Em uma área onde saídas de ar são dirigidos para um quarto ou em uma sala escura voltada para o norte.


Cuidado com o ressecamento excessivo (baixa umidade do ar): Muita umidade é um problema, mas o ressecamento excessivo é uma questão ainda mais grave, especialmente quando sistemas de aquecimento ou resfriamento são utilizados para criar salas artificialmente secas. Usado em climas naturalmente secos, o piano tem bastante umidade natural para evitar o ressecamento excessivo. No entanto, se o ar se torna demasiado seco, a madeira e os muitos componentes internos irão encolher e podem começar a rachar. Em casos extremos,  a tábua harmônica irá rachar e vários outros componentes podem empenar, o que poderá trazer danos irreversíveis ao instrumento.  Pode ocorrer deformações  leve das partes e isso pode provocar ruídos. As cravelhas de afinação podem trabalhar “soltas”, o que tornará difícil manter o piano afinado. Para evitar o ressecamento excessivo, é melhor manter plantas próximas ao instrumento ou utilizar um umidificador no quarto do piano.

Evite mudanças bruscas de temperatura: Quando uma sala fria é aquecida, de repente, a umidade condensa sobre as cordas de piano e outras peças de metal, fazendo com que a ferrugem apareça. Peças de feltro irão absorver a umidade, dificultando sua ação, resultando em um som fraco e ação lenta. Tenha especial cuidado também em salas com ar-condicionado onde as temperaturas externa são elevadas. Ao abrir a porta, o ar quente de fora irá entrar e dependendo do fluxo e da quantidade de vezes que o processo se repete o piano irá sofrer vários choques térmico.

Cuidados básicos e fáceis com seu piano

Limpe seu piano regularmente: A poeira pode atrapalhar a ação de martelo e causar ruídos. Limpe o piano freqüentemente com um pano macio ou espanador para que não haja acumulo de sujeira.

Manter a limpeza do teclado: O teclado deve ser limpo periodicamente com um pano macio e seco. Nunca use produtos de limpeza que contenham álcool, com o tempo ele poderá rachar o teclado. Se o teclado estiver muito sujo, limpe-o com um pano embebido em uma solução de água e sabão, porem escorra bem e limpe sempre de trás para frente (não pode deixar cair liquido nas laterais da tecla). O mesmo tecido não deve ser utilizada para a limpeza da superfície do piano. Mantenha o hábito de nunca tocar piano com as mãos sujas. Dessa forma, o teclado vai ficar limpo por um longo tempo.

Não coloque objetos em cima do piano: um objeto pesado pode causar variações no timbre ou vibrações barulhentas se forem colocados no piano. Um vaso de flores pode parecer atraente no piano, mas isso pode derramar água dentro do instrumento e isso causará sérios probleamas. A água vai enferrujar as partes metálicas do piano e danificar o martelo e a mecânica. Evite acidentes desnecessários e nunca coloque nada, além de partituras ou um metrônomo no piano.

Evite o contato com certos materiais, evite o derramamento: Evitar a possibilidade de o piano entrar em contato com os seguintes materiais:

  • Produtos de plástico.
  • Produtos de vinil.
  • Qualquer coisa que contenha álcool.
  • Os líquidos, tais como cosméticos, insecticidas, qualquer tipo de aerossol.
  • Produtos diluente ou a base de óleo
  • Produtos a base de silicone.

Mantenha o piano em dia com a manutenção básica

Por que agendar o serviço regular? Ter seu piano atendido regularmente é muito parecido com tomar vitaminasQuando você toma regularmente vitaminas, geralmente você se sente melhor e é capaz de executar suas atividades em seu nível máximo. Além disso, tomar vitaminas ajuda a evitar doenças graves e outros problemas relacionados à saúde. O mesmo é verdade a respeito do serviço regular para o seu piano. O serviço regular irá manter o desempenho do seu piano (e sua diversão) em seu nível máximo. Ele também irá corrigir problemas naturais de desgaste antes que se transformem em reparos caros. Por estas razões, recomenda-se que você adote um cronograma de serviço regular para o seu piano.

Afinação e ajuste: Pianos são instrumentos delicados que precisam de atenção profissional periodicamente. Basicamente, existem dois tipos de cuidados de piano profissional: afinação e regulagem

Afinação: significa corrigir a afinação de cada nota por reaperto das cordas. Cada corda de piano é normalmente esticado a uma pressão de cerca de 90Kg (a tensão média que todas as cordas novas exercem no piano varia de 16 a 22 toneladas). Eventualmente, porém, ele vai esticar ainda mais com o uso e perder sua tensão, fazendo com que o piano a perca sua afinação correta. É necessário afinar no mínimo duas vezes por ano para manter uma afinação estável e no tom.

Regulagem: envolve os movimentos inteiros da mecânica do piano, teclado e pedais. O ajuste adequado é muito importante, especialmente para pianos de cauda. Se o piano irá executar corretamente ou não depende de como é feito e a precisão da regulagem.

A afinação e regulagem deve ser feita sempre por um técnico especializado.  Para isso temos técnicos especializados e qualificados para executar tais serviços.

Deixe uma resposta